A melhor câmera é aquela que você tem!

Leia também:

O upgrade de equipamentos é realmente necessário?

Antes de mais nada, esse não é um texto para dizer que uma câmera compacta cumpre o  MESMO papel que uma DSLR top de linha, mas sim sobre como eu aprendi a lidar com uma câmera simples e como isso fez minha fotografia evoluir.

Depois de ter vendido todos os meus equipamentos eu precisava comprar uma câmera para documentar minhas viagens. Por mais conhecimento que você tenha, seja você fotógrafo profissional ou não, inúmeras dúvidas sempre irão surgir. Eu precisava de uma câmera compacta, que fotografasse em RAW, tivesse sapata para flash(caso eu quisesse usar radio flash) e que tivesse uma boa relação entre custo e benefício. Entre as opções possíveis estavam a Fujifilm X100, X10 e a Canon G12.

Optei pela Canon G12 pelo tamanho, preço, focal length, tela de LCD articulada e pelo fato de eu simpatizar com a marca desde o começo da minha carreira.

De 5D MK II, lentes série L, speedlights, flash de estúdio, umbrellas, softboxes, beauty dish, Manfrottos, Color Checher, ColorMunki, PocketWizards, monitor ultra sharp e Lowepro Roller eu me via agora só uma uma “câmera compacta e um “flashinho”. O que eu não imaginava é que isso faria com que minha fotografia crescesse ainda mais.

Natural History Museum, Londres – Canon G12 + Tripé Manfrotto 709B

Ter uma câmera no seu bolso, com fácil acesso, lhe acompanhando para todo o lado é ter a oportunidade de fotografar praticamente tudo o que se vê. É ter a possibilidade de praticar cada vez mais e é isso que faz sua fotografia ficar cada vez melhor. Tenho sempre escutado coisas como: “fotografia digital deixou as pessoas mais preguiçosas” ou “ninguém pensa antes de fazer uma foto com uma câmera digital” e apesar desses “adágios fotográficos” descobri que é maravilhoso ter uma câmera com live view  que me mostra o resultado na hora em que eu mexo nos controles mais um visor articulado que me permite testar inúmeros ângulos que eu jamais tinha tentado com minha DSLR. Gosto dessa tentativa e erro com visualização na hora. Que me desculpem os puristas, mas não se permitir errar talvez seja o maior inibidor da criatividade humana. Lembro de um vídeo do Ken Robison falando justamente sobre isso:

Eu continuo pesando antes de fotografar, aliás hoje consigo pensar ainda mais e melhor, pois testo na hora o que pensei e interajo melhor com o ambiente que está vivo, e em movimento, a minha volta.

Foto pós balada – Canon G12 + Luz da rua Foto: Érika de Faria

Com uma câmera compacta eu consigo fotografar e rascunhar melhor os trabalhos que vou realizar. Se você não entendeu o que eu estou falando é só dar uma lida no: Como criar uma foto de moda.

Rascunho com fotos da locação e referências para um trabalho em Londres

Não quero dizer aqui que os resultados são os mesmos que uma DSLR com lente F1.4, mas para mim eles são mais do que satisfatórios. Inclusive você pode utilizar radio flash ou conectores para disparar um flash de estúdio ou um speedlight à distancia.

Érika fotografada com a Canon G12 + 580EX II e Lastolite Ezybox 60 x 60

Fotografia é antes de tudo um mercado e o que os acionistas querem é obter lucro e é isso que justifica essa enxurrada de lançamentos de equipamentos a cada semestre(que eu particulamente não consigo acompanhar). Se há demanda os fabricantes continuarão produzindo e sinceramente isso é muito bom para o fotógrafo também. Quando as empresas competem entre si, a qualidade aumenta, os preços caem, a distribuição melhora…(nem sempre é verdade, mas na teoria deveria ser).

O meu conselho aqui para o fotógrafo iniciante é não se preocupar tanto com o equipamento. Como já falei em outros artigos, hoje eu vejo que é muito mais valioso investir em educação e produção de portfolio.

Canon G12 + luz natural

E a pergunta nossa de cada dia, a pergunta que eu recebo por e-mail ou facebook religiosamente todos os dias do mês é a seguinte: Qual câmera comprar? 

Não existe uma resposta certa para isso. Tudo depende do tipo de trabalho que você vai realizar. O que eu posso dizer é que com o seguinte equipamento minhas fotos não seriam diferentes das que eu faço hoje. Esse é o equipamento básico que traduz o que eu preciso:

Canon  T3(nem precisa ser a T3i)

Canon 10-22mm

Canon 50mm 1.8

Kit de Iluminação

Não falei de Nikon, não é!? Tanto faz Nikon ou Canon. Conheço mais Canon e por isso falo sempre dela.

Palais du Luxembourg – Canon G12 + luz natural

Claro que eu vou comprar mais para frente 5D MK III seja pelo marketing, pela qualidade ou por eu merecer ela.

O “segredo do sucesso” é ser como o pintor que se preocupa com a qualidade das tintas e dos pincéis, mas é a harmonia das cores e a composição que pesam mais no trabalho final!

Update 29/04/2013

Estava hoje vendo um vídeo do Mark Vargo que é diretor de fotografia de Impacto Profundo, À Espera de Um Milagre, Planeta dos Macacos: A Origem e Ted explicando o funcionamento do fotômetro e aos 09h16s de vídeo podemos ver uma de suas câmeras:

Mark Vargo

Mark Vargo

About these ads

23 Responses to “A melhor câmera é aquela que você tem!”


  1. 1 kwnilcelio 31/07/2012 às 19:35

    sempre motivando quem está começando!! Parabéns pelo post!!

  2. 2 Gabriel Moraes 31/07/2012 às 19:50

    Show! Gostei do “…é muito mais valioso investir em educação e produção de portfolio.”

  3. 3 Marcelo Carrera 31/07/2012 às 20:45

    Eu invisto cada vez mais em equipamento e minha fotografia continua uma merda.

  4. 4 Franklin Weise 31/07/2012 às 21:04

    OK… mas tem limites. Estes dias mexi numa point-and-shoot da Epson (?) – que experiência horrível. Cheio de funções como detector de sorriso e de olho fechado, mas nada de controles que realmente importam, e com um ruído monstro em fotos à meia-luz. Mesma pra um iniciante, eu não recomendaria.
    Se um iniciante me perguntasse, eu diria pra comprar algo tipo Powershot S95 pra não passar raiva um mês depois.

  5. 5 Airton Ferreira (@imairton) 01/08/2012 às 23:37

    Muito bom, Leandro. Muito interessante mesmo, eu já fui um ”consumista” de primeiro…vc já esteve com seus 17, 18 anos e sabe o que é isso…essa molecada como eu quer tudo, 5DMII hoje e 5DMIII amanhã.

  6. 6 Fernando Aquino 09/08/2012 às 15:22

    Sensacional leandro, como sempre.

  7. 7 Hiram Pascoal (@MeusMundos) 09/08/2012 às 15:57

    Verdade. A melhor câmera, é aquela que está ao nosso alcance quando precisamos. De nada adianta ter uma top se não podemos (pelas dimensões ou receio de furto) contar com ela em todos os momentos. É devido a facilidade de transporte, que as câmeras de celulares estão presentes em quase todos os furos jornalísticos.

  8. 8 Bianca Wu 28/08/2012 às 12:55

    Poxa, mas ela não é a mesma coisa que a Canon SX 130 Is (minha câmera)
    ela é infinitamente melhor, o trabalho é super valorizado com a qualidade da câmera.

    Mas isso me dá um folego de esperança, pois as melhores fotos são feitas por grandes fotógrafos e não a câmera. O cara que sabe bater a foto, ele vai tirar fotos otimas até mesmo de celular :D

  9. 9 paulo viana 18/09/2012 às 2:40

    velho, cada vez q eu leio seu blog eu curto mais fotografia!…parabéns e obrigado pelas dicas!

  10. 10 Ralph 29/09/2012 às 22:31

    Lendo esse post, só consigo chegar a conclusão de que sou um merda!

  11. 11 Renato dPaula 18/10/2012 às 15:36

    Muito, muito bom Leandro! Tudo muito bem colocado. Educação em primeiro lugar, depois o resto alcança-se naturalmente.

  12. 12 Anônimo 20/10/2012 às 6:41

    sò queria fazer uma observação, gosto de fotos, adoro faze-las e as faço com meu celular nokia 5800 express music, ele tira fotos em movimento, fiz muitas dentro do carro, aviao, ônibus e saem maravilhosas, meu marido tem uma maquina profissional e meu celular nao deixa nada a desejar ..obvio que è apenas um hob, nao sou e nem quero ser profissional, mas fica uma dica ahi pra vcs..

  13. 13 Anônimo 20/11/2012 às 15:07

    claro que vc conhece nikon…a foto da capa sua vc fez com uma d60

  14. 15 Vanessa Andreza 22/11/2012 às 16:32

    Amo fotografia. Tá no DNA. Meu tio, fotógrafo, sempre me disse que um fotógrafo capta um sentimento. Hoje em dia a facilidade de se ter um bom equipamento faz todos acharem que são fotógrafos. Ser fotógrafo não é ir a uma festa e vender fotos… é simplesmente mostrar a emoção daquele momento. O fotógrafo de verdade, mesmo que não consiga ter uma câmera mais avançada, faz as melhores fotos do mundo com a sua, pois é a imagem que importa, o que ele viu, o que ele quer nos transmitir. Amo esse blog.

  15. 16 Raquel Pereira Maia 03/12/2012 às 22:34

    Ainda não conhecia o seu blog ,e depois de pesquisar muito e sem entender muita coisa ,escolhi a G11 para começar a aprender fotografia ,escolhi pela possibilidade de ajustes manuais ,e não me arrependi ,mas claro que tenho um longo caminho como amadora ainda pela frente e não vejo a hora de ter minha primeira DSLR…Amo seus posts ,,obrigada por compartilhar seus conhecimentos conosco…

  16. 17 Thiago Araujo 04/12/2012 às 0:15

    Acho interessante o exercício da fotografia sem a adoração pelo equipamento, realmente um equipamento medíocre exige mais do fotógrafo, porem um ótimo equipamento também exige, tenho a sensação que esse tipo de artigo tenta enobrecer aqueles que dominam a técnica, porem também acaba menosprezando os bons equipamentos.

    Existem duas certezas:
    1 – Um bom equipamento é necessário para um trabalho de qualidade.
    2 – Conhecimento é necessário para um trabalho de qualidade.

    E apenas isso, o restante é exercício!

  17. 18 Anônimo 04/12/2012 às 11:10

    Inspirador. Parabéns!

  18. 19 Agnaldo Cruz 06/02/2013 às 21:25

    Eu já me sinto meio bruxo mesmo…Congelar o tempo e expor a humanidade, eis o que faço com minha D40 veinha como o véinho aqui…Um abraço a todos…
    Agradeço Leandro

    http://www.fotografodigital.com.br/trabalho-usuario/recentes-16881-1/

  19. 20 Willkih " 06/04/2014 às 14:10

    Ótimo artigo!
    É legal encontrar alguém com o mesmo ponto de vista. Você e as pessoas dos comentários.
    Ultimamente sinto muita falta de der uma compacta no meu bolso no dia-a-dia, e isso faz uma enorme diferença.
    As vezes é mais preferível ter uma compacta boa e treinar todo dia fotografia, e criar noções boas de composições, luz, cores e etc … do que ter um equipamento super avançado e usa-lo só de vez enquanto e não treinar tanto, e demorar muito mais tempo para evoluir.
    Abraços

  20. 21 Clau Gama 08/04/2014 às 16:46

    Boa tarde!
    Leandro,
    Adorei muito o seu post, você não tem ideia de quanto estou animada com a fotográfia, vou iniciar o meu curso mês que vem, e tudo que você me fala me deixa muito mais motivada.
    Minha camera é Canon Sx160IS e ela é otima , mas penso na DSLR.
    Grande Beijo,


  1. 1 Smartphone que aumenta a produtividade de fotógrafo « DO FOTÓGRAFO Trackback em 20/02/2013 às 19:02
  2. 2 Qual a melhor câmera para se comprar? | Focaqui Trackback em 22/04/2013 às 10:22

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.236 outros seguidores