Pérolas aos porcos

“Não deis aos cães o que é santo, nem lanceis vossas pérolas aos porcos” (Mateus 7:6).

Numa experiência inédita, Joshua Bell, um dos mais famosos violinistas do mundo tocou incógnito durante quase uma hora numa estação de metrô de Washington, despertando pouca ou nenhuma atenção.

Numa iniciativa do jornal Washington Post, o violinista com o seu Stradivarius de 1713 avaliado em 3,5 milhões de dólares, tocou durante 45 minutos na estação L`Enfant Plaza no centro de Washington entre as 07.15 e as 08:00. Três dias antes, Bell tinha tocado no Symphony Hall em Boston, onde os melhores lugares custam cerca de cem dólares, mas na estação de Metro foi praticamente ignorado pela esmagadora maioria das 1.097 pessoas que passaram à sua frente durante esse período de tempo.

Adoraria escrever um texto inflamado sobre como a sociedade não valoriza os artistas, mas a bebedeira pré-balada já começou e estou sem condições para isso. O bom é que o vídeo e a história, por si só, expressam tudo o que sinto agora. Fico me perguntando se vale a pena “cobrar barato”, ceder imagens, etc. Será que as pessoas valorizam tudo isso?

Off-topic: Outro dia fui fotografar alguns moradores de rua um deles me deu esse presente:

Seria algum Joshua Bell do design? Não entendo muito de desenho, mas amei os traços e penso que ele poderia vender umas caricaturas assim por pelo menos uns R$40,00 cada.

E você, o que pensa?

Texto no Washington Post

Referência em português

3 Responses to “Pérolas aos porcos”


  1. 1 Ashley 20/02/2010 às 22:47

    Caro colega,

    compartilho da mesma angústia e preocupação. Quando vejo o vídeo acima, pergunto-me a que ponto chegamos??

    Grande Texto
    Parabéns

  2. 2 Ashley 20/02/2010 às 22:48

    Há sim, muito legal a caricatura!

  3. 3 Mari Milanezi 22/02/2010 às 11:17

    Não posso ver o vídeo no trabalho, mas pelo o que vc descreve é angustiante. Da mesma forma que me pedem idéias arquitetônicas em mesa de bar. “Passa lá em casa pra me dar umas idéias” Não só uma claro. Em geral no nosso país tudo o que envolve criação, arte, e dedicação não tem valor. Quem sabe um elogio.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




“Não importa de onde você vem, nem onde você está, o importante é saber onde se quer chegar”

Coloque seu e-mail para receber novidades e notificações do Blog.

Junte-se a 1.397 outros seguidores

  • 1,051,346 Visitas