Fala que eu te escuto #04

Voltei para São Paulo e agora vou tentar colocar a casa em ordem. Antes de viajar eu recebi, vi depoimento no orkut, o seguinte texto:

Oi Leandro,tudo bem?( ó eu aqui de novo), em um de seus ultimos posts li que vc quer melhorar seus angulos, pois suas fotos não contam muita estória, eu sempre te achei muito humilde em relação a grandeza do seu trabalho, mas daí, vc foi longe demais, sua fotos são as umas das mais expressivas que já vi. Mas o motivo de estar escrevendo mesmo é outro, desculpa a intimidade, é que vc demonstra ser uma pessoa muito amiga, e eu não tenho coragem de me abrir com mais ninguém… Em novembro do ano passado eu fiz um curso na xxxxxxxxx aqui em xxxxxx, meu pai me deu uma D60, meu marido comprou um flash SB600, parece pouco pra quem quer uma máquina de 30.000, rsrs, mas pra nossa realidade aqui, é dinheiro demais.. Acontece amigo Leandro, é que eu não tenho talento nenhum e não consigo fazer uma foto legal, que dê pra montar um portifólio e fazer render os presentes que ganhei com muito carinho, eu nem durmo mais direito só pensando nisso, prq se fosse com meu dinheiro, que se foda né, mas não, foi com o dinheiro suado dos outros. Bem Leandro, acho que já me desabafei, vc não tem idéia de como me sinto melhor, não tem como eu olhar pra cara de uma pessoa da família, que acredita tanto em mim e falar isso, dos meus medos, das minhas fraquesas. Obrigado pela liberdade.Grande abraço, que Deus continue te iluminando.

Eu gostaria ter respondido antes, mas não queria fazer isso correndo. Por isso, decidi responder assim que eu conseguisse um tempo mais livre. Vamos lá:

Em novembro do ano passado eu fiz um curso na xxxxxxxxx aqui em xxxxxxxxx, meu pai me deu uma D60, meu marido comprou um flash SB600, parece pouco pra quem quer uma máquina de 30.000, rsrs, mas pra nossa realidade aqui, é dinheiro demais…

Rs. 35.000,00(dólares) se contarmos o frete e alguns acessórios. Rs. No dia que você me escreveu esse texto eu tinha R$22,00 na carteira e R$6,54 no banco, posso dizer que para minha realidade também é dinheiro demais.  Minha sorte é que no dia seguinte um amigo fotógrafo, literalmente, me deu uma grana e isso me ajudou de uma forma absurda. A propósito, a Hassel é uma câmera cara demais mesmo para os americanos e europeus.

Nikon D60 foi minha segunda DSLR e minhas melhores fotos foram feitas com e ela e a lente do kit. Esses dias um amigo foi em casa e fizemos umas fotos na câmera dele(uma Nikon D60) e com a minha(uma Canon 50D), na questão da qualidade de imagem eu não vi diferença alguma. Além disso, D60+SB600 formam uma dupla incrível, se você comprar uma disparador remoto e um sombrinha vai levar sua fotos para um outro nível. Pretendo fazer um tutorial ainda essa semana sobre como usar o flash fora da câmera.

Acontece amigo Leandro, é que eu não tenho talento nenhum e não consigo fazer uma foto legal, que dê pra montar um portifólio e fazer render os presentes que ganhei com muito carinho, eu nem durmo mais direito só pensando nisso, prq se fosse com meu dinheiro, que se foda né, mas não, foi com o dinheiro suado dos outros.

Que coisa mais horrível de se dizer!!! Como assim não tem talento???  Eu não vou entrar no mérito do que é o talento, isso já foi discutido tantas vezes e  mesmo se alguém me perguntar o que é talento eu não faço idéia do que responder, mas se eu soubesse qual o significado da palavra talento eu não teria como escrever, pois não tenho o menor talento para a escrita. Penso que mais importante do que o talento é a disposição para o trabalho árduo. Toda vez que pego um job eu tenho certeza que ele vai dar certo, não por eu ter talento, mas pelo fato de que vou trabalhar muito para que ele seja um sucesso. Primeiro pesquiso, busco referências, desenho o que quero, tento prever o que pode dar errado e trabalho em cima disso.

Uma foto não é feita do nada, não acredito que exista alguém, por exemplo, que dedica sua vida a cuidar de cavalos e que quando compra sua primeira máquina consegue tirar fotos maravilhosas de moda.  É necessário que você tenha um background, que tenha referências. Eu trabalhei com design de acessórios moda durante 5 anos e isso “não tem haver” com fotografia de moda, mas durante um tempo da minha vida eu olhei muitas fotos de moda e acabei incorporando um pouco dessa linguagem. Também fiz cursos de história do cinema,  entre outras coisas e no fim de tudo, só acabo reproduzindo um pouco daquilo que consumi durante minha vida. Se você acabou de comprar/ganhar sua câmera e não tenhum nenhuma experiência prévia com artes visuais qual o motivo de se cobrar tanto?  Você já leu O Novo Manual da Fotografia do Hedgecoe? Já estudou composição de imagem? Não que seja impossívelde tirar fotos incríveis sem esses conhecimentos, mas serão fotos tiradas “na sorte”. Foto legal é foto feita com conhecimento, pois senão você tira uma e sabe-se lá deus quando vai tirar a outra.  Meu conselho para isso é: Leia o livro O Novo Manual da Fotografia do Hedgecoe e aprenda bem isso e depois estude um pouco de iluminação, você vai ver como suas fotos vão melhorar.

Sobre a questão da culpa, outro dia dei um livro de gastronomia para minha namorada e em nenhum momento eu quis que ela se tornasse um Alex Atala. Dei o livro com muito carinho, pois eu a amo e quero presenteá-la com coisas que ela gosta. Claro, fico muito feliz quando ela cozinha e mesmo não sendo alta gastronomia é tão, mas tã gostoso!!! Tenho certeza que seu pai e seu marido pensam da mesma forma. Mesmo se eles compraram a máquina para você trabalhar não é motivo de se preocupar tanto. Você já viu que os fotógrafos mais experientes tem 10,15 anos de profissão? Dê um tempo a si mesma. Já é ruim se cobrar demais pelo seu próprio desenvolvimento, imagina se cobrar por causa de outras pessoas. Acho legal você valorizar as coisas que ganhou, mas pare por aí, por favor!!!

Quer montar um portfolio e ganhar dinheiro com fotografia? Estude bem esse livro que falei, faça testes, defina que público que atingir, comece a fotografar seus amigo(as) e familiares e ofereça seu serviço por um preço honesto. Não sabe quanto cobrar? Pesquise onde você mora quanto os fotógrafos cobram por determinado serviço.  Exemplo:  Quer fotografar grávidas  e os fotógrafos da sua região cobram R$400,00 por book, ofereça o mesmo serviço para amigas e conhecidas por uns R$200,00.  Se você for em um fórum de fotografia e escrever isso que acabei de dizer eles vão lhe trucidar, vão falar que você está dando um tiro no pé e jogando a “categoria” no lixo. O problema é que essa “categoria” raramente te ajuda quando você precisa e quando te contratam como assistente querem te pagar uma miséria ou nem te pagar. Além disso você precisa entrar no mercado e para isso precisa começar de algum lugar. Eu não temo fotógrafo que cobra metade do que eu cobro, pois além das minhas fotos há outros fatores que contam na hora de um cliente te contratar, como a confiança que você passa, atendimento, seriedade, etc.

Eu termino esse post, mas sinto que não consegui escrever tudo o que gostaria. Escrevo muito devagar e muito mal. Não tenho “O” talento para isso. Só posso dizer que você está no caminho certo, só não se cobre tanto e se precisar de ajuda me avise.

É isso aí,

Se vocês tem alguma dúvida, sugestão, reclamação, dica, etc, podem deixar um recado aqui, no orkut ou pelo e-mail: dofotografo@gmail.com

6 Responses to “Fala que eu te escuto #04”


  1. 1 Isaque 24/03/2010 às 23:59

    Fala, Leandro! Parabéns cara! Adorei ler o que escreveu principalmente porque de uma forma muito simples e sem floreios com sua própria experiência e vivência você aconselha de uma forma muito bacana quem esta começando. Sem duvidas a amiga que te mandou este recado que você respondeu não é a unica a passar por estas angustias, eu mesmo já me peguei pensando nessas coisas tantas vezes, olhar para a câmera e o flash que de uma forma muito suada consegui comprar e ficar pensando se valeu o esforço, se não perdi dinheiro, mas tiro o chapéu para a forma como você fala desse problema, pois é justamente a questão da dedicação, do estudo, pratica e paciência que fazem as coisas melhorarem e nos ajudam a nos tornarmos capazes de executarmos ótimos trabalhos. Parabéns mais uma vez pelo teu trabalho, pela tua humildade, pode ter certeza que tem muita gente torcendo para que você tenha ainda mais sucesso em sua carreira. Abraço

  2. 2 Flavia Silva 25/03/2010 às 14:39

    Oi Leandro, todo os dias venho aqui ver se tem alguma postagem no va no seu blog… primeiro por que amo fotografia e depois porque para pessoas como eu que desejam começar nessa área e ainda não sabem nada (risos) vc está sendo um padrinho! Muito obrigada pela forma carinhosa e dedicada como vc #ESCUTA as nossas duvidas e nos ajuda a sana-las , é muito gratificante ter com quem contar quando #aLente parecem tão embaçadas rsrs.

    Desejo a voce todo o sucesso que merece!

    Abraço!

  3. 3 Luisa 27/03/2010 às 0:03

    Decidi dar uma passada na “Mendigos Nouvelle Vague” para ver o que rolava naquela comunidade. Abri um tópico sobre fotos. Vi as suas. PUTA QUE PARIU. Perdi o ar.

    Já adicionei seu blog aqui nos meus favoritos. Tomara que eu consiga aprender alguma coisa e possa fazer milagre com uma maquininha digital Olympus e uma Nikon “analógica” N2020.

    Parabéns e obrigada por compartilhar.

    beijos

    • 4 Anônimo 27/03/2010 às 10:29

      Putz Leandro! Mandou muito bem nessa resposta. Eu te admiro por tamanha a humildade de compartilhar seu conhecimento. Sabe que nesse meio de fotógrafos é muito difícil encontrar alguém disponível, ou afim de ensinar o mínimo daquilo que já aprendeu com os mais leigos.
      Tenho certeza que muitas pessoas que começam na fotografia, se sentem ou já se sentiram como essa menina. Eu estou começando deixar de ser uma delas (digo no pensamento em que ela diz que “não tem talento”. Em vários casos, a palavra talento, pode ser trocada por, vocação ou jeito). A bem pouco tempo atrás deixei de ficar olhando fotos no Olhares e Flickr, e imaginar que aqueles fotógrafos eram bons de mais e que nunca seria boa como eles. Pura bobagem! Descobri que teve gente que, com muito estudo e dedicação, conseguiram em pouco tempo, ter trabalhos muito melhores do que aqueles que tem anoooos de profissão. E foi ai que coloquei minhas mangas de fora, e agora eu estudo, pesquiso, pergunto, questiono respostas, fotografo, erro, erro de novo, me culpo, me xingo e digo que sou capaz de fazer melhor, e tento de novo, erro… enfim acerto, volto a estudar, a perguntar… Mas o importante é que tenho consciência que sem esses esforços, nunca chegarei lá.
      E você, Leandro, pode ter certeza que ajuda MUITA gente com seu blog. Além de ter disposição de ajudar e ensinar, você se mostra muito amigo e as pessoas sentem-se muito a vontade de se abrirem com você. Te admiro muito por seus trabalhos maravilhoso, mas principalmente por tudo que se vê e lê por aqui!

      E logo, logo, te mandarei o meu primeiro depoimento com minhas duvidas.

      Abraço

  4. 5 Ana T 09/04/2010 às 17:17

    Nossa… tô adorando tudo isso aqui!
    O jeito que você escreve é o que muitas pessoas precisam ler.
    Vou retuitar tudo, pode? rsrsrs

    Beijo!

  5. 6 willians fiori 26/04/2010 às 23:53

    leandro , gostei da sua posição , eu sou amante da fotografia , mas como hobby mesmo , mesmo muita gente falando que tenho uma ideias bacanas ,mesmo sem nunca ter feito um curso se quer , alias.. nem camera direito eu tenho.. eu uso um fz35 lumix.
    tenho lido muita coisa de fotografia.. historia , referencias… etcc.. e vejo que a coisa além da tenica das composições.. tem o tal do feling e o principal para nossa amiga… treinar.. fotografar muiiito.. testar novas possibilidades.. nao ter medo de errar…
    estou agora afim de fazer algum curso pra aprender coisas basicas da fotografia e melhorar , mesmo sem ter grandes possibilidades..

    grande abraço.. curto muito seu trabalho… e vc tem sim talento para escrever…

    abraço


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




“Não importa de onde você vem, nem onde você está, o importante é saber onde se quer chegar”

Coloque seu e-mail para receber novidades e notificações do Blog.

Junte-se a 1.397 outros seguidores

  • 1,051,346 Visitas