Publicação Revista VIP

Paris foi uma nova vida que começou para nós depois de Londres.

Londres foi um lugar um pouco pesado, em relação ao clima chuvoso e frio, as pessoas são bastante fechadas, morávamos num quarto caríssimo e estávamos um pouco cheios de tudo aquilo.

Paris surgiu para iluminar mais nossas vidas, nossas fotos, nossa relação e nossos conhecimentos.

Primeiro, alugamos uma casa incrível, toda rústica com cara de casa de vó, jardim, árvores, janelas enormes, cores e ar puro. A casa ficava nos arredores de Paris, mas dizer perto de paris é bem diferente se dissermos que moramos perto de São Paulo; lá pegávamos o trem e em apenas 15 minutos estávamos no centro de Paris.

Essa casa foi muito especial, pois ali nos unimos muito. Todos os dias fazíamos nossos jantarzinhos com vinho e velas no jardim (um vinho bom custa cerca de RS3,00 em Paris), trabalhávamos ao ar livre, o clima estava perfeito, nem frio – nem calor demais, tínhamos muito espaço, janelas enormes que deixavam entrar uma luz linda todos os dias e estar ali aguçou muito a nossa criatividade.

Em Londres eu já tinha feitos algumas fotos da Érika, mas foi em Paris que isso tudo ficou sério. Começamos a fazer testes de várias coisas que tínhamos vontade de pôr em prática, desde ângulos, poses e até aproveitar todas as luzes das janelas de todos os ambientes da casa e em todos os horários (já que a luz vai mudando). E foi aí que os resultados foram ficando cada mais mais incríveis para nós e estávamos ali viciados em fotografar um ao outro.

Pelo menos duas vezes por semana a gente desmontava a sala da casa, arrastava os móveis para conseguir os cantos mais bonitos da casa, as luzes mais especiais entrando por aquelas janelas. Fazíamos a maquiagem mais simples possível, pouca roupa, dávamos uma olhada em algumas referências como inspiração e  era sempre assim que começava. Mas o que contou realmente para que tudo fluísse foi a nossa intimidade, nossa confiança um no outro e o momento que estávamos vivendo ali e assim a Érika aprendeu a posar para mim e eu aprendi a fotografar ela.

Até que o resultado foi tão maior do que esperávamos e nossa história foi parar na Revista VIP para fechar com chave de ouro toda essa experiência que tivemos.

Foi incrível poder ver nosso trabalho em uma revista que acompanho desde a minha adolescência. Entretanto o mais importante foi aprender que a vida a dois é um exercício de concessões. Inúmeras vezes abrimos mão de hábitos, crenças e desejos em nome de uma relação. Como diria Rousseau: só é possível ao homem ter um certo grau de liberdade se ele abrir mão da mesma visando o bem comum.Quando chega o momento em que acredita que está perdendo sua personalidade, é só olhar por fora para perceber que o fato de estar aberto lhe permitiu receber inúmeras coisas boas e agregar outras qualidades que jamais se alcançaria sozinho.Hoje, mais do que nunca, je ne regrette rien!

8 Responses to “Publicação Revista VIP”


  1. 1 Rodrigo Cardozo 20/11/2012 às 2:25

    Cara, parabéns pelas fotos!
    Mas o maior parabéns vai pro seu relacionamento que pode crescer muito com tudo isso! É uma maravilha ver pessoas vivendo um amor sincero..
    Como a Julia me disse uma vez.. “O verdadeiro amor nos liberta…”
    Parabéns pela liberdade conquistada!

  2. 2 Oster 20/11/2012 às 2:31

    sensacional, cara. parabéns, mesmo!

  3. 3 Débora Alborta 20/11/2012 às 10:26

    Leandro..te conheci rapidamente num workshop de Curitiba, mas desde então sigo seu blog e comentários do Face..simplesmente fantástico….parabéns por sua trajetória e suas fotos. Um grande abraço. Débora.

  4. 5 Claudia Cândido 27/11/2012 às 15:57

    Ah! Paris!!!! Adorei o ensaio, ficou beautiful très mignon ou magnifique! …como diriam os franceses. Amo a ideia de ter um modelo exclusivo para fotografar e que rola uma bela sintonia. oh lalalalala!! uauauau!! quel cadeaux beau !!!

    Engraçado as vezes quero ir para Londres achando que as pessoas por la serão mais abertas e simpáticas do que os parisienses. Sim … pq tem dia que é difícil arrancar um sorriso dos parisienses e eu sendo latina me desespero Well… esta é impressão que eu tinha sobre London ou ainda tenho as vezes. ‘isso quando me aborreço com cidade luz, quero mudar de ares( proprio do ser humano) Mas ela vem e me me mostra cenas tão lindas e inesperadas que meu amor se derrete. Donc, percebo que ela ainda não deixou de me surpreender e quero clicar seus cantos e encantos.
    Na real tenho pensado muito numa musica que diz assim “O melhor lugar do mundo é aqui e agora;”
    Aquele lugar ou momento em que você esta bem, e voÏla tudo flui novamente

  5. 6 Guto Amorim 08/03/2013 às 1:55

    Leandro, conheci o blog hoje, pelo seu artigo sobre a publicação medonha da Viva. Achei algo tão bom, por conta de uma matéria tão ruim, rsrs.

    Suas imagens são lindas, suas palavras também, parabéns.
    Também gosto muito de ler o Queimando Filme, comprar no Gadget Infinity, mas a revista preferida ainda é a Trip, hahaha.

    Pelo visto vou passar a ler sempre aqui.

    Valeu, abraço!

  6. 7 Bruna 09/06/2014 às 16:41

    Leandro, sigo tua página no facebook mas não sabia do teu blog. Conheci pelo FUI que postou um making off seu. Enfim, queria dizer que sou grande admiradora do seu trabalho e da sua sensibilidade e que mal posso esperar pra fazer um workshop contigo. ADOREI as fotos da Erika… ficaram LINDAS, artísticas e de uma sensibilidade incrível. Parabéns pelo trabalho e por tudo que compartilha por aqui! Abraço!


  1. 1 Manoela Marandino e Revista VIP | DO FOTÓGRAFO Trackback em 06/03/2013 às 19:29

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




“Não importa de onde você vem, nem onde você está, o importante é saber onde se quer chegar”

Coloque seu e-mail para receber novidades e notificações do Blog.

Junte-se a 1.397 outros seguidores

  • 1,051,346 Visitas