Archive for the 'Photo Shoot' Category

CD Luiza Caspary

IMG_0765

Recentemente tive o privilégio de fotografar a capa e o material de divulgação do CD de estréia da talentosa Luiza Caspary.

A Luiza é uma artista que nasceu baiana, cresceu gaúcha e hoje vive em São Paulo. Embora muito jovem (24 anos), já coleciona 16 anos de carreira. Sua voz é conhecida por cantar trilhas de campanhas publicitárias para grandes marcas. Algumas de suas músicas fizeram parte da trilha sonora de filmes e séries de TV. Além disso, ela tem realizado shows com AUDIODESCRIÇÃO – recurso de acessibilidade para pessoas com deficiência visual, LIBRAS (língua brasileira de sinais) para pessoas com deficiência auditiva, além da preocupação com o acesso para cadeirantes.

O Caminho Certo, seu disco de estréia,  está à venda em sites como ITunes, e também disponível em streaming para audição no SoundCloud e outros.

Quando a Luiza me procurou ela já tinha definido que a foto de capa seria um close e dentro disso comecei a separar referências de cor e a rascunhar as fotos. Decidi em ter 3 opções de fotos com locações e maquiagens diferentes.

O Gabriel Von Brixen fez o Making of do dia:

Para a primeira sessão do dia, optei por utilizar uma softbox de 40 X 40 cm, pois queria o rosto mais marcado e Flash YN560 II com carga em 1/4 para uma reciclagem mais rápida e para não “matar” a luz dos raios atrás dela que formavam “caminhos” junto com a vegetação.

Making of

Diagrama de Luz

Capa do CD

Capa do CD

Contra Capa

Contra Capa

Capa Finalizada

Capa Finalizada

Como uma segunda opção fotografamos em uma outra locação:

Segunda opção de capa

Segunda opção de capa

Segunda opção de contra capa

Segunda opção de contra capa

E depois fotografamos o material de divulgação dentro do home estúdio com um fundo verde em lona e uma beauty dish:

Além da amizade incrível que se cria com esse tipo de trabalho é muito gratificante ver sua foto sendo usada de uma forma tão bacana. Como tinha escrito, a Luiza é pioneira e tem um preocupação enorme com a acessibilidade e fez até audiodescrição do flyer do seu show no Centro Cultural São Paulo.

Flyer

O flyer é ilustrado por uma foto colorida e em close do meu rosto. Estou à direita da imagem e encaro a câmera. Minhas mãos estão unidas em concha e cobrem parcialmente meu nariz e minha boca. Tenho as unhas pintadas de azul e estou de batom pink. 
Do meu lado esquerdo, o cabelo é curtíssimo e loiro escuro. Do lado direito, uma franja platinada chega mais ou menos na altura do meu queixo. Uso sombra e blush cor de tijolo. Esfumaçada, a maquiagem realça meus olhos amendoados e as maçãs do meu rosto. Meus cílios são longos e as sobrancelhas, desenhadas. Uso um brinco de bolinha prata na orelha esquerda e visto blusa multicolorida de crochê.
O fundo em tons de cinza está desfocado.
O texto está em letras brancas e um círculo azul, parecido com a cor do meu esmalte, destaca a data. Uma faixa no mesmo tom atravessa toda a parte de baixo do flyer e ressalta as demais informações sobre o show e as logomarcas dos realizadores e apoiadores.
Fotos e Tratamento: Leandro Neves
Assistente de Foto: Érika de Faria
Maquiagem: Juliana Coelho
Cabelo: Mauro Morad
Making of: Gabriel von Brixen
Anúncios

Inconsciente Coletivo

“É inconsciente e coletivo. Coletivo é uma banda de fotógrafos. Coletivo é estar disposto a dividir para somar e multiplicar depois. É estar disposto a aprender, mudar e adaptar – se”

Neste último final de semana fui, convidado pelo fotógrafo Marcelo Carrera, para ir até o Rio de Janeiro conhecer a locação de um shoot e  discutir a idéia da criação de um coletivo. Já venho trocando material fotográfico, técnicas de iluminação e tratamento de imagem e outras informações com ele há cerca de 8 meses e agora surgiu a oportunidade de trabalharmos juntos em um shoot de moda. O Marcelo tem um trabalho em Fine Art extremamente incrível, lindo, poético, marginal e desafiador e que por motivos pessoais ele, infelizmente(ou felizmente), não tem divulgado na internet. Resolvemos mesclar e somar nossos conhecimentos, aptidões e interesses comuns em um projeto chamado Inconsciente Coletivo.

Fiquei no Rio de sexta-feira até domingo, dormimos 4 horas por noite,  montamos um estúdio fotográfico, fizemos testes de iluminação, montamos um workflow de tratamento de imagem, fotografamos com máquina analógica, buscamos novas referências, visitamos inúmeros lugares e começamos a trabalhar em cima de alguns jobs que temos para o próximo mês. Além disso, fomos para Petrópolis fazer umas fotos só para dar uma aquecida e testar equipamento.

Sempre acredito muito nas coisas que faço e sempre faço tudo com muita paixão, mas há algo nesse projeto que consegue me puxar ainda mais. Dizer que entrei de corpo e alma é chover no molhado.

Inconsciente Coletivo

É isso aí, muito sucesso para todo mundo!!!

Se vocês tem alguma dúvida, sugestão, reclamação, dica, etc, podem deixar um recado aqui, no orkut ou pelo e-mail: dofotografo@gmail.com

Photo Shoot: Macabéa

“Quando acordava não sabia quem era. Só depois é que pensava com satisfação: sou datilógrafa e virgem, e gosto de coca-cola. Só então se vestia de si mesma, passava o resto do dia representando com obediência o papel de ser”.

Na sexta-feira, a atriz, e amiga, Lara de Bittencourt me convidou para fazer as fotos de divulgação do seu monólogo: Macabéa.

Para quem não conhece, Macabéa é a personagem do livro A Hora da Estrela de Clarice Lispector e é uma moça nordestina de 19 anos, que veio do Sertão de Alagoas para o Rio de Janeiro. Ela é mostrada, no livro, como uma coitada cuja condição de vida é igual à de milhares de emigrantes que vivem no Rio de Janeiro ou em outras grandes cidades, sendo sufocados por elas. São pessoas completamente “substituíveis e que tanto existiriam como não existiriam”, são pessoas que não sabem se querem reclamar da sua condição de miséria humana e moral.

Como fotografar uma pessoa que existe e, ao mesmo tempo que, “inexiste”? Somei esse desafio ao fato de não termos verba para a locação, além de só um dia para prepararmos o Photo Shoot.

Um dia antes das fotos eu assisti ao monólogo para conhecer melhor essa Macabéa. Lara é uma atriz de grandeza maior. Fico fascinado com a força e o talento dela. Na verdade, essa força se tornou até um impecilho para ela que precisava interpretar uma personagem tão ingênua e de pureza quase infantil.

Fizemos as fotos na avenida Paulista e em um pensionato na Bela Vista. Algumas delas estão abaixo.


Assistente de fotografia: Marco Antonio Barreto

Figurino concepção: Lara de Bittencourt

Maquiagem e cabelo: Gustavo Diniz

Obs: No próximo Photo Shoot eu vou mostrar os esquemas de iluminação.

Até mais.


“Não importa de onde você vem, nem onde você está, o importante é saber onde se quer chegar”

Coloque seu e-mail para receber novidades e notificações do Blog.

Junte-se a 1.408 outros seguidores

  • 1,105,398 Visitas